Gabi

Gabi

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Você sabe como surgiu o Pilates?

5/5

Movimento, força e concentração! Foram esses os princípios estabelecidos por Joseph Pilates, ao criar uma das atividades físicas mais conhecidas pelo mundo. Continue lendo e saiba como tudo começou.

Cansaço ao extremo, dores no corpo sem motivo, irritabilidade, tensão muscular… Quem diante de uma vida tão intensa já não teve sintomas como esses nos dias de hoje, não é mesmo?

A indústria farmacêutica nunca ganhou tanto dinheiro com a automedicação para doenças que passaram a surgir em função do modo de vida desregrado e agitado que passamos a viver nas últimas décadas.

Seja por uma má alimentação, pelo stress no trânsito, problemas junto à família, pressão dos estudos ou do trabalho… Ufa! Enfim, fato é que a qualidade de vida hoje parece não mais depender só de tempo e dinheiro, mas, principalmente, de determinação diante das prioridades da vida.

Se desejamos alcançar a longevidade com qualidade, precisamos cuidar do nosso físico, emocional e espiritual, concorda? Mas como administrar tudo isso na vida frenética que levamos?

Joseph Pilates

Certa vez li essa frase: “Um corpo livre de tensão nervosa e fadiga é o abrigo ideal fornecido pela natureza para abrigar uma mente bem equilibrada, totalmente capaz de atender, com sucesso, todos os complexos problemas da vida moderna.”

Com essa frase fica mais fácil responder à pergunta anterior, né? Afinal, ele fala o que precisamos e queremos ouvir para enfrentar a corrida do dia a dia: equilíbrio e solução de problemas. 😉

O autor da frase é Joseph Pilates, o alemão que criou uma das atividades físicas que mais tem se popularizado pelo mundo, o Pilates. Durante a Primeira Guerra Mundial, Joseph foi preso, na Inglaterra, por ser alemão. Na prisão ele não deixava ninguém parado! Até os doentes ele insistia em colocar em movimento.

Homem com boas formações acadêmicas e forte determinação, Joseph ao sair da cadeia e ir para os Estados Unidos não perdeu tempo! Tratou logo de aprimorar ainda mais seu método, criar novos aparelhos e, assim, incluiu o Pilates na área de saúde e no mundo!

Da Contrologia ao Pilates

Joseph começou com movimentos que usavam a própria força física e depois criou os primeiros aparelhos com o que encontrava. Até as molas dos colchões das celas foram utilizadas como instrumento para a prática!

primeiros-equipamentos-de-pilates
NECK STRETCHER: Joseph Pilates praticava Boxe e criou este acessório para ajudar a fortalecer a musculatura que envolve o pescoço, muito solicitada nos lutadores.

Foi assim que surgiu o Pilates, por meio da determinação e da solidariedade de um homem que compreendia a necessidade do corpo e da mente estarem sempre em ação.

Descobri que primeiro Joseph chamou o Pilates de Contrologia. Esse nome me levou a pensar: “É isso! Precisamos controlar a nossa vida e não deixar que a vida nos controle!”. Nada de cantar os versos de “Deixa a vida me levar….”, certo?

Estudando mais um pouco sobre o assunto, passei a fazer aulas do método e comecei a compreender que a contrologia, ou melhor, o Pilates, é um grande aliado no controle da saúde do corpo, da mente e, consequentemente, do espírito; já que o método não só ajuda no controle e fortalecimento muscular, mas é excelente para a flexibilidade completa do corpo, o que resulta no relaxamento necessário à sensação de bem estar e prevenção ao stress.

Alguns médicos já consideram o método como uma atividade terapêutica, sabia? Por isso, depois que comecei não paro mais!

Na FRASCE, por exemplo, o curso de Pilates é um dos mais procurados, sobretudo por nossa instituição ter uma grande experiência na área da reabilitação física, mental e emocional.

Os profissionais envolvidos, além de trabalharem com qualidade e técnicas sempre atualizadas, atuam de forma humanizada, atitude tão necessária na área da saúde.

Se você tem interesse em saber mais sobre o método ou mesmo de se tornar um profissional de Pilates, convido você a ler outros conteúdos de nosso blog e conhecer mais sobre nosso curso de Pilates Fisioterapêutico com Ênfase em Casos Clínicos da FRASCE e nos fazer uma visita, o que os deixará muito felizes.

Agora vou correr aqui, pois tá começando a aula de Pilates. Vamos nos movimentar! 😉

Deixe um comentário

Fechar Menu
×
×

Carrinho